Anfepramona: como tomar e efeitos colaterais

Saiba tudo sobre a Anfepramona, um medicamento que atua no combate da obesidade! Indicação, efeitos colaterais, como usar, depoimentos e antes depois de tomar.

DietaeDicas Redação
Anfepramona: como tomar e efeitos colaterais
Anfepramona: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Saber para que serve anfepramona pode ajudar perder peso rápido, pois é um parente da anfetamina usado para redução de peso pois reduz o apetite segundo depoimentos. Esse medicamento é usado apenas tomar em casos selecionados e por poucos meses devido aos risco do uso prolongado.

A anfepramona é um fármaco anorexígeno, que serve para auxiliar no tratamento da obesidade o medicamento tem sua venda controlada por agir diretamente no sistema nervoso central, sendo muito eficiente para o emagrecimento.

A dosagem da Anfepramona por dia é tomar 1 comprimido 2 vezes ao dia por no máximo 1 semana de uso seguido. Qualquer pessoa que tenha tentado perder peso durante muito tempo pode ter ouvido falar de Anfepramona.

Proibido no Brasil pela ANVISA há alguns anos atrás, a perda de peso retornou as prateleiras recentemente, e o Senado votou na semana passada por um projeto que permite a sua venda em definitivo, agora veja como tomar corretamente siga a bula.

Como tomar

E é aí que surge um grande dilema para aqueles que querem tomar emagrecedores, querer ou não este tipo de medicamento que promete ser inibidor de apetite?

Para lhe dar uma idéia de como essa droga causa controvérsia, a ANVISA determinou que a Anfepramona só pode ser vendida com receita médica que será retida na farmácia e o médico que prescreve terá que assinar uma responsabilidade. Já o paciente irá assinar um documento reconhecendo que ele conhece os efeitos colaterais e os perigos da medicação. voce sabe o que eles são?

Possíveis Efeitos Colaterais

Sim, tem efeitos colaterais e assim que você começar a tomar Anfepramona, sintomas comuns como boca seca, irritabilidade e constipação são comuns. Além disso, no entanto, sintomas mais graves aparecem como insônia causada por pesadelos e períodos de depressão, com a capacidade de causar gritos repentinos e constantes.

Também há casos de aumento da pressão arterial e taquicardia. Para pessoas mais propensas, isso aumenta o risco de parada cardíaca e também acidente vascular cerebral.

Abstinência: consumada a longo prazo, a Anfepramona torna-se uma droga como qualquer outra, com a ocorrência de retirada séria. Houve relatos de pessoas que tiveram tremores em suas mãos depois de parar a medicação, e também podem desenvolver depressão profunda e também servem como gatilho para a síndrome do pânico.

Similares vendidos nas farmácias :

  • Dietilpropiona ou Anfepramona Dualid S;
  • Hipofagin S;
  • Inibex S;
  • Moderine;
  • Fenproporex Desobesi-M;
  • Lipomax AP;
  • Inobesin;
  • Mazindol Dasten;
  • Fagolipo;
  • Absten-Plus;
  • Diazinil;
  • Dobesix ;
  • Metanfetamina Pervitin;
  • Metifenidato Ritalina.

Referência bibliográfica

  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26073353/