DietaeDicas

6 Regras simples para desintoxicar seu corpo após as férias

Desintoxicação após as férias
desintoxicação após as férias

Champanhe, chocolates, refeições generosas, já é o suficiente! Depois de tanto abuso, nosso corpo solicita um intervalo. Confira nossas dicas para adotar uma desintoxicação após as férias, para drenar o excesso, recuperar as energias e começar o ano novo com o corpo desintoxicado.

Com a ceia de natal e a passagem de ano, no final de cada ano não tem jeito: comida em excesso, é inevitável. Durante esta maratona de sabores, nosso corpo - especialmente o  fígado - é colocado à prova. Resultado? Cansaço generalizado, inchaço, às vezes dores de cabeça. 

Tantos alertas corporais que são sinais de excesso de açúcares e gorduras. Então é hora de colocar o corpo para descansar, para que ele se recupere naturalmente. Mas descansar não significa que devamos jejuar, muito pelo contrário. Depois do excesso, é importante continuar fazendo três refeições ao dia, mas com alimentos mais leves e saudáveis.

1- Hidratar

Depois de tantas comemorações, é necessário hidratar. Para isso devemos beber água, cerca de 1,5 litro por dia, mas também chás de ervas, caldos, sopas... Isso vai permitir que o corpo elimine melhor as toxinas. 

Por exemplo, um chá de ervas feito de gengibre ou camomila, caldos de vegetais (repolho, brócolis, erva-doce são os mais drenantes) para fazer desaparecer aquela sensação inevitável de inchaço após uma refeição muito pesada. 

E já que as frutas cítricas são nossas aliadas, considere beber um copo grande de água com limão, toranja ou suco de laranja ao acordar, o que dará um impulso ao corpo, graças à vitamina C que essas frutas contêm.

2- Congelar

Depois das festas, reuniões de famílias, amigos, com tanta comida e bebida, com certeza sua geladeira vai está cheia de sobras do dia anterior. A dica: Congele, ou reaproveite (para fazer uma torta, ou sopas por exemplo). Nada de comer as sobras requentadas por dias, repetindo as mesmas refeições. Evite sobrecarregar o corpo comendo os mesmos alimentos que são muito calóricos e muito gordurosos por três dias. 

3- Vamos de vegetais

Muitas vezes esquecidos nas festas de fim de ano, mas estão cheios de água e antioxidantes. Pense em abóbora, alho-poró e cenouras. Também não devemos ignorar os amidos, cuja ingestão de fibras sempre tem um efeito positivo na saciedade. Dê lugar de destaque ao arroz integral, macarrão integral, trigo sarraceno, cuscuz.

4- Não! para a gordura

Nos dias seguintes às férias, opte por carnes brancas (coelho, vitela, frango) ou peixes magros (como o bacalhau, por exemplo). É importante respeitar também o método de cozedura: não grelhe nem frite e prefira cozinhar a vapor, com ervas aromáticas ou especiarias que vão alegrar o seu prato. Para poupar o fígado, controle levemente a gordura e prefira cozinhar sem manteiga ou creme. Um fiozinho de azeite resolverá o problema.

5- Não pule refeições

O organismo necessita naturalmente de se abastecer de nutrientes três vezes ao dia e é importante não pular as refeições, sob o pretexto de que comemos muito na véspera. Se o privarmos, o corpo vai começar a se armazenar rapidamente. 

Ao invés de pular uma refeição, tente tomar um caldo de vegetais, se não estiver com muita fome? Porque o corpo sozinho se desintoxica, ele sabe como fazê-lo. Você só precisa esperar três dias, enquanto segue uma dieta saudável e balanceada.

6- Hora de se mexer

No dia seguinte a uma refeição festiva, é inútil, até perigoso, praticar uma atividade física intensa, porque o sistema cardiovascular já se sentiu muito tenso pelos excessos e pelos bombardeamentos dos dias anteriores. Melhor sair para passear, caminhar uma hora num parque, na floresta ou no campo, e depois, aos poucos, retomar uma atividade esportiva mais sustentada.

Gengibre: um forte aliado

gengibre é repleto de benefícios. Tem a propriedade de acalmar o inchaço, estimular o apetite e promover a digestão. Também auxilia na drenagem do fígado e no aumento da secreção de bile, levando a uma melhor eliminação das toxinas. Abuse dele em chás, sopas, ou mesmo ralado por cima do peixe ou frango grelhado fica uma delícia.