DietaeDicas

Falta de sono: causas e consequências

Falta de sono
falta de sono

A falta de sono, crônica ou ocasional, não leva a nenhum bem. As consequências para a nossa saúde são numerosas. Fazemos um balanço das causas e efeitos que a falta de sono pode ter na sua saúde.

A falta de sono pode rapidamente se tornar incapacitante e causar distúrbios físicos e mentais. Quando você não consegue dormir, é preciso saber como reagir e reconhecer as causas da privação de sono é o primeiro passo.

Estresse, depressão, ansiedade, roupa de cama ruim, ronco, bebê chorando, as causas da falta de sono são inúmeras e variadas. É importante isolar o mais precisamente possível o que o impede de dormir bem para poder agir com eficácia.

Identifique o tipo de privação de sono

Mulher tentando dormir
Causas para falta de sono

Insônia, despertar repentino, falta de tempo para dormir, dificuldade em adormecer. A insônia pode assumir diferentes formas dependendo do motivo.

É aconselhável retomar um ritmo de sono regular. Definindo horários regulares para dormir e acordar. Em geral, recomenda-se uma noite de sono de 6 a 8 horas. 

Consequências da falta de sono na saúde

Mulher como sono no trabalho
Insônia: o que fazer para dormir

Dormir pouco ou dormir mal, pode causar muitos danos à saúde. Mas, por outro lado, dormir muito também é uma má ideia. Você deve, portanto, dormir respeitando seu relógio biológico: nem muito, nem pouco. Veja os principais problemas que noites mal dormidas podem causar em nosso corpo:

Ganho de peso  

A fome compulsiva ou o desejo por doces são dois comportamentos que resultam diretamente da falta de sono. Na verdade, para  lutar contra a fadiga,  você tende a comer mais doce ou gordura. Você compensa a diminuição de energia com a ingestão de carboidratos. Resultado: quilos extras se acumulam na balança. 

Tontura

Mesmo que não exista nenhum estudo científico que suporte o aparecimento deste sintoma, considera-se, no entanto, que a falta de sono  e, por conseguinte, o estado de fadiga causam tonturas. 

Palpitações 

Relógio e coração
Falta de sono pode causar hipertensão

Quanto menos você dorme, mais rápido seu coração bate e podem aparecer palpitações. Dormir bem e, acima de tudo, dormir o suficiente, promove a saúde cardiovascular.

De fato, durante o sono, a freqüência cardíaca e a pressão arterial caem (graças à fase de repouso). Se você dorme mal e pouco, corre o risco de hipertensão, pois o coração nunca descansa o suficiente para se recuperar. E não há dúvida: a hipertensão está diretamente ligada à falta de sono! 

Náuseas 

Por mais surpreendente que possa parecer, a fadiga pode levar à náusea. Quando estiver cansado e com náuseas, é melhor fazer refeições leves, várias vezes ao dia, descansar em paz, longe da luz (principalmente se for artificial) e evitar qualquer exercício físico. Se esses sintomas não desaparecerem após 48 horas, consulte um profissional de saúde! 

Dor de cabeça 

Mulher com insônia
Falta de sono provoca dor de cabeça

Um déficit de sono está frequentemente associado a ataques de enxaqueca. É um fator desencadeante. A explicação apresentada é a seguinte: é durante a fase de sono profundo que o cérebro ativa o seu modo de “bem-estar”. No entanto, se essa famosa fase for interrompida para secretar serotonina e dopamina, às vezes surgem enxaquecas muito violentas.

Frequentemente, o único tratamento eficaz para a enxaqueca é dormir para descansar o cérebro.