Dieta e Dicas

Para que é usado o L-triptofano e quando devemos consumi-lo?

L-triptofano, precursor dos hormônios da felicidade, é um aminoácido essencial para o seu bem-estar. Um bom suprimento de L-triptofano é sinônimo de bom humor e garante uma melhor qualidade de sono. Veja como incluir e tirar todos proveitos do L-triptofano na sua dieta.

Estresse, insônia, ansiedade, dependência de açúcar... Todos esses distúrbios podem ter uma origem em comum: um déficit de L-triptofano, composto essencial para a produção no cérebro de hormônios para o sono e serenidade.

L-triptofano
L-triptofano

O aminoácido chamado L-triptofano pode fazer um papel importante no tratamento de transtornos como a depressão. Vários estudos foram feitos e continuam a examinar os efeitos desse aminoácido. Na verdade, o triptofano está relacionado, entre outras coisas, na formação da serotonina, um hormônio associado aos transtornos cerebrais.

No entanto, esse aminoácido não termina aí. O L-triptofano tem várias propriedades diferentes: promover um bom sono, reduzir o estresse, ansiedade... Os alimentos ricos em L-triptofano que nos sustentam ao longo do dia são, por exemplo, nozes, cereais e leite.

Principais características

O L-triptofano ou triptofano é um aminoácido essencial para o corpo, mas também um constituinte das proteínas. É um dos precursores da serotonina e, portanto, ajuda a promover um bom sono e a lutar contra os transtornos depressivos. 

A serotonina é um neurotransmissor que desempenha um papel importante na regulação do humor. O L-triptofano também é a fonte da síntese da melatonina, comumente chamada de "hormônio do sono", e da niacina, também chamada de vitamina B3.

  • Aminoácido essencial, precursor da serotonina
  • Promove um bom sono e ajuda a combater transtornos depressivos
  • Encontrado em alimentos vegetais
  • A deficiência dietética de l-triptofano pode promover distúrbios do humor

L-triptofano, serotonina e sono

O papel mais conhecido e mais importante do L-triptofano é o de precursor metabólico do neurotransmissor serotonina. Muitos estudos mostram que um aumento nos níveis de triptofano no cérebro resulta em um aumento na liberação de serotonina. Como essa desempenha um papel essencial na regulação do humor, da moral e do sono, o triptofano recebe as mesmas propriedades. Saiba mais sobre as causas da falta de sono.

Antidepressivo

Ao ajudar na síntese da serotonina, o L-triptofano demonstrou ter um efeito positivo no tratamento da depressão.

Alimentos ricos em triptofano

Fornecido por alimentos ricos em proteínas, o triptofano está presente principalmente nas proteínas do leite ou em carnes, peixes, ovos, amidos e frutas secas. Dependendo da fonte de alimento, o L-triptofano nem sempre é bem absorvido ou bem metabolizado, especialmente no cérebro. 

O cérebro costuma receber menos de 1% do triptofano ingerido, devido à barreira hematoencefálica, cujo papel é evitar que toxinas (e mesmo quantidades excessivas de nutrientes) entrem no cérebro. 

A tabela de composição nutricional dos alimentos não detalha o conteúdo preciso de triptofano. No entanto, a lista de alimentos abaixo são os mais elevados em triptofano.

  • Arroz completo
  • Carnes e aves
  • Lacticínios
  • Ovos
  • Proteína de soja
  • Amendoim
  • Peixe
  • Leguminosas
  • Chocolate
  • Banana
  • Amêndoas
  • Castanha de caju
  • Fermento

Para que serve

O triptofano tem dois papéis fundamentais, por um lado está na composição de proteínas e RNA e, por outro, é o precursor de substâncias essenciais para o corpo humano: serotonina, melatonina, etc. Saiba mais sobre o funcionamento da melatonina sobre o sono.

As opiniões científicas diferem enormemente sobre o assunto da suplementação de L-triptofano, que pode ser indicada para tratar várias doenças: transtorno bipolar, depressão, sono difícil, ansiedade, hiperatividade, etc. 

Como tratamento de primeira linha, é altamente recomendável aumentar a ingestão de triptofano naturalmente e através dos alimentos, e aos poucos considerar a suplementação com L-triptofano.

Consequência de uma deficiência de L-triptofano

Alguns estudos mostraram que pode haver uma ligação entre a depressão e uma dieta pobre em triptofano. E até o momento, não há estudos científicos sobre o excesso de triptofano na dieta humana. No entanto, em animais, a resistência à insulina foi observada com o consumo excessivo.

Os suplementos de L-triptofano são usados ​​principalmente para tratar transtornos bipolares, sono, depressão ou hiperatividade.

Saiba mais sobre L-triptofano e onde encontrar.