DietaeDicas

Nutricosméticos: o futuro da cosmetologia

Nutricosméticos
nutricosméticos

Os nutricosméticos presumem que a beleza vem antes de mais nada de dentro. Em vez de tentar esconder suas imperfeições a todo custo, por que não abordar o problema na fonte? Nessa perspectiva, os nutricosméticos são o futuro da cosmetologia? Fazemos um balanço.

Os Nutricosméticos, também chamados de alimentos cosméticos, abrangem todos os suplementos alimentares para a beleza da pele, cabelos e unhas. Ou seja, trata-se de consumir beleza, no sentido próprio da palavra, absorvendo nutrientes e outros princípios ativos, visando melhorar a nutrição da pele em profundidade. 

Cápsulas, pós, bebidas ou mesmo pequenas balas, produtos nutricosméticos podem ser tomados em todas as formas.

As empresas de marketing de cosméticos estão desenvolvendo gamas de produtos destinados a todas as pessoas a partir dos 18 anos. Os nutricosméticos são adequados tanto para adultos jovens que desejam acabar com sua acne, quanto para mulheres maduras que desejam preencher suas rugas.

Considerando que os cremes têm efeito limitado, pois atacam apenas as camadas superficiais da epiderme, os nutricosméticos se concentram na beleza interior.

Porque Funcionam

O princípio dos nutricosméticos é tratar o problema em sua origem, de dentro do corpo. Está provado que são as nossas células que produzem os radicais livres que levam ao envelhecimento da pele. Os nutricosméticos existem para fornecer ao corpo os antioxidantes de que necessita para combater as células responsáveis ​​pelo envelhecimento.

O exemplo mais conhecido certamente é o da ingestão de colágeno. No creme, o efeito do colágeno na pele é muito limitado, devido à barreira cutânea que impede a boa absorção da proteína. Por outro lado, quando se bebe colágeno, a maior parte dele é absorvido pelas paredes intestinais e usado de maneira adequada pela pele.

Os nutricosméticos podem substituir os cosméticos tradicionais?

Segundo especialistas na área, os nutricosméticos são o futuro da cosmetologia, mas não vão substituir os cosméticos tradicionais porque os dois andam de mãos dadas. Em vez de ver os nutricosméticos como competidores dos cosméticos tradicionais, deve ser visto como um complemento.

Os nutricosméticos visam nutrir a pele por dentro, enquanto os cremes cuidam da epiderme e a protegem contra agressões como a poluição ou o sol. Ou seja, os nutricosméticos são mais um passo na rotina da beleza.