Obesos morrem mais de Covid-19 o novo Corona Virus

A obesidade pode aumentar as complicações fatais em COVID-19

obesidade

O especialista em nutrição Barry Popkin explica por que a obesidade pode ter implicações fatais em casos graves de COVID-19, tornando mais difícil combater a doença.

A Organização Mundial da Saúde descreve a obesidade como uma epidemia global. Desde 1975, o número de pessoas com obesidade triplicou. 

Nos EUA, quase um terço da população é considerada obesa do ponto de vista médico. Na Rússia, África do Sul e alguns países europeus, mais de 20% das respectivas populações são consideradas obesas. Canadá, partes da América do Sul e Austrália também apresentam altos níveis de obesidade. 

A obesidade é potencialmente fatal. Pode causar pressão alta, diabetes tipo 2 e doenças cardíacas, para citar algumas condições.

Leia mais : Alemanha: vacina contra o coronavírus provavelmente disponível em meados de 2021

E agora um relatório sugere que a obesidade pode aumentar as complicações para pessoas que sofrem de casos graves de COVID-19. 

Uma equipe da Universidade da Carolina do Norte revisou 75 estudos de todo o mundo, envolvendo cerca de 400.000 pacientes, e concluiu que ser obeso pode aumentar o risco de um paciente morrer de COVID-19 em quase 50%. 

Barry Popkin conduziu o estudo no Departamento de Nutrição e no Carolina Population Center da universidade. 

DW: Barry Popkin, o que o surpreendeu nas descobertas?

Barry Popkin: Existem duas coisas. Em primeiro lugar, existe a proporção de pessoas hospitalizadas. Você tem duas vezes mais chances de ser hospitalizado se for uma pessoa com obesidade. Em segundo lugar, existe aquela estatística de mortalidade. Ambas as estatísticas foram muito além do que qualquer um esperava e muito mais altas do que vemos com doenças individuais [relacionadas], como hipertensão ou diabetes.

Qual é a explicação?

Quando você é obeso, por si só, sua imunidade é significativamente prejudicada - seu sistema imunológico não funciona tão bem [como deveria, normalmente]. É mais provável que você contraia COVID-19 e desenvolva sintomas graves, porque não possui os anticorpos para combatê-lo.

Além disso, se você é obeso - o que é cerca de 25% dos alemães e mais de 20% de todos os países do mundo - você terá deficiências fisiológicas.

Sua capacidade pulmonar é limitada, portanto, precisaremos fazer coisas especiais apenas para [ajudar] nisso, já que esse vírus ataca o sistema pulmonar. Então, isso apenas aumenta o problema e a razão da mortalidade.