Remédios para Emagrecer: naturais ou farmácias

Saiba tudo sobre remédios para emagrecer caseiros, naturais (spirulina e limão) e de farmácias (sibutramina e orlistat). Veja as vantagens e desvantagens e qual a melhor opção para perder peso.

DietaeDicas Redação
Remédios para Emagrecer: naturais ou farmácias
remédio para emagrecer

Atualmente, há uma grande variedade de remédios para emagrecer à venda, pode ser um pouco difícil escolher e identificar quais são as melhores opções, é claro, porque mesmo se você quiser recorrer a esta alternativa, a primeira coisa que deseja saber é se eles não causam efeito sanfona.

A spirulina tem se tornado a melhor opção quando o assunto é remédio para emagrecer natural. Esta alga marinha esta conquistando famosos pelo mundo todo.

Os remédios para emagrecer mudaram muito desde que as anfetaminas aditivas começaram a ser usadas em 1950. A história das pílulas de perda de peso é muito triste, muitas pílulas tornam-se populares vendem milhões e depois são retiradas do mercado porque algumas pessoas morrem de doenças cardiovasculares, isso aconteceu com anfetaminas, sibutramina e efedrina.

Não há um remédio mágico para perder peso se você não mudar seu estilo de vida. Ainda não há uma pílula que você toma pela manhã, come tudo o que quiser sem fazer nenhum exercício e perde peso. Para perder peso você deve regular o número de calorias que você come, você deve consumir menos calorias do que você queima todos os dias.

Os mais usados remédios para emagrecer de farmácias

Atualmente, há uma grande variedade de remédios para emagrecer à venda, pode ser um pouco difícil escolher e identificar quais são as melhores opções, é claro, porque mesmo se você quiser recorrer a esta alternativa, a primeira coisa que deseja saber é se eles não causam efeito sanfona ou efeitos colaterais. Veja a seguir alguns dos remédios para emagrecer mais conhecidos:

1. Orlistat (Xenical)

Nos Estados Unidos foi criada uma versão com altas doses de orlistat chamado Xenical que necessitava de receita médica e outra versão com doses mais baixas, chamado Alli, que não exige receita médica (nos Estados Unidos). Podendo ser consumido até 3 vezes ao dia acompanhado de alimentos. Veja mais sobre o Orlistat.

2. Sibutramina

A sibutramina é uma medicação que requer receita médica, atua no centro regulador da fome do cérebro para fazer você se sentir satisfeito com os alimentos mais rapidamente, de modo que provavelmente coma menos. Conheça mais sobre a sibutramina.

3. Anfetaminas (Anfepramona e Femproporex)

Atua como um supressor do apetite afetando o sistema nervoso central. Atenção: você não deve usá-lo se estiver grávida ou amamentando.

4. Ozempic (Semaglutida)

Medicamento usado para perda de peso em forma de injeção. Mas seu uso foi registrado para o tratamento da diabetes Tipo I. Saiba mais sobre a medicação Ozempic.

Efeitos colaterais dos Remédios de Farmácias

O uso de remédios para emagrecer pode causar hiperatividade, dor de cabeça, tremor, insônia, boca seca e diarréia. É uma medicação viciante, não deve ser usado por pessoas com história de alcoolismo ou dependência de drogas.

Referências

https://www.fda.gov/Drugs/DrugSafety/PostmarketDrugSafetyInformationforPatientsandProviders/ucm213038.htm